terça-feira, 24 de julho de 2018

Três corpos são encontrados carbonizados dentro de carro em Itabuna.


Um crime Bárbaro e chocante aconteceu na noite desta segunda-feira (23) em uma estrada de área rural, em Itabuna. Três corpos foram encontrados carbonizados dentro de um carro Corolla de placa JQC 2659 licenciado em Itabuna. 

Tudo deu início por volta das 22 horas quando a polícia recebeu informações, que um carro estava pegando fogo na estrada que dá acesso à vila de Mutuns. A polícia militar chegou ao local e de imediato acionou o corpo de bombeiros. Até aí a polícia não sabia que dentro do carro que estava em Chamas havia vítimas.

Após o corpo de bombeiros debelar as chamas, a Polícia Militar se deparou com três corpos carbonizados, dois nos bancos da frente, e um no banco de trás.

O Departamento de Polícia técnica de Itabuna foi acionado para fazer a remoção dos corpos.  No local do sinistro, foi encontrado um facão melado de sangue.
A polícia ainda não confirmou nomes, mas surge uma suspeita que uma das vítimas, pode ser um rapaz identificado como Ivan Batista.



Atualizada as 03:27

De acordo com a Polícia Civil, uma das vítimas foi identificada pelo nome completo. Trata-se de Ivan Batista Morais, 34 anos. Ivan era morador do bairro Urbis IV em Itabuna.
Ivan tem uma passagem pela polícia no ano de 2013, quando foi conduzido ao Plantão Central da Polícia Civil de Itabuna (CPI) com certa quantidade de cocaína, na época, ele trabalhava como motorista de ônibus na cidade de Itabuna.

De acordo com informações preliminares, o carro de modelo Corolla ano 2002, seria da namorada de Ivan, moradora também da Urbis IV.

Ainda a quem diga que Ivan teria deixado à namorada no trabalho na manhã de segunda-feira, e depois foi visto com outros homens rodando com o veículo pela cidade.

Existe a suspeita que as vítimas foram assassinadas por arma de fogo, e em seguida teve seus corpos incendiados dentro do carro. O corpo que foi encontrado no banco de trás estava com marcas de cortes de facão.

Vítimas carbonizadas são identificadas pelas famílias, delegada solicita identificação humana

Por: Oziel Aragão/Plantão Itabuna

Duas famílias já confirmaram as identidades das vítimas carbonizadas na noite de ontem (24) na Vila de Mutuns, zona rural de Itabuna. São elas: Iure de Almeida Rodrigues, 19 anos, e Ivan Batista Moraes Junior, 34 anos, moradores do Lomanto e Morumbi. Uma terceira pessoa ainda não confirmada por familiares, porém, de prenome Renilson.

Os corpos foram encontrados por volta das 22 horas, dentro de um carro Corolla de placa JQC 2659 licenciado em Itabuna. Segundo o radialista Ivan Moraes, pai de "Juninho", o veículo pertence a companheira do seu filho. "Ela o deixou com ele pela manhã e foi trabalhar, depois não sabemos o destino dele", informa.


Eles estão algemados durante uma abordagem ontem pela manhã em Serra Grande
Na delegacia, Moraes, lamentou o caminho escolhido pelo filho, pontuando que no mundo do crime só existem dois caminhos, mas o rapaz não ouviu os conselhos do pai.

Identificação

De acordo com a delegada de plantão Divanice Dias, foi solicitado exames de identificação humana, pois os corpos estão completamente carbonizados. "Mesmo a família falando detalhes das vítimas, o DPT deve tomar providências para uma identificação oficial", revela.

Abordados

Quando surgiu a notícia do triplo homicídio na noite passada, a polícia de Serra Grande informou aos policiais de Itabuna que, o trio tinha sido abordados durante naquela região, por não terem encontrado nada, foram liberados.



Nenhum comentário:

Postar um comentário