quinta-feira, 11 de outubro de 2018

Empresa é condenada a pagar R$ 30 mil a ex-funcionário, vítima de bullying


A empresa Supergasbras Energia foi condenada a pagar R$ 30 mil por danos morais a um ex-consultor que denunciou ter sofrido bullying do chefe, em Salvador. Determinada no final de setembro, a sentença foi divulgada pelo Tribunal Regional do Trabalho da Bahia (TRT5-BA) nesta quarta-feira (10). A decisão cabe recurso, que já foi ajuizado pela empresa.

O processo tramita na Justiça do Trabalho desde 2014. De acordo com o TRT, o trabalhador, que não teve a identidade divulgada, afirmou que era ofendido e obrigado a cumprir metas inalcançáveis, que tinham por objetivo reduzir o salário dele. Segundo a decisão, o homem alega ainda que era submetido a constantes humilhações e insinuações do chefe, que o chamava de "funcionário imprestável e desprezível" e dizia que na empresa dele "não cabia tê-lo como funcionário”. O consultor também relata ter sido chamado de incompetente, de banana e de fraco.

Conforme o TRT, durante o decorrer do processo, a Supergasbras negou as ofensas, no entanto, as alegações foram comprovadas por uma testemunha da vítima: “O relacionamento do gerente com os subordinados era austero. Nas reuniões o gerente ameaçava os subordinados de demissão para que os objetivos fossem cumpridos, sendo o gerente o responsável por estabelecer as metas, e ele botava metas inalcançáveis para provocar a redução do salário até a metade”, afirmou a testemunha em depoimento, segundo o TRT.


7 comentários:

  1. Se essa moda chega na tel "DESmotivação por pessoas", 100% dos funcionários e ex-funcionários teriam q ser indenizados. Aquele lugar é um hospício.

    ResponderExcluir
  2. SE FOR PERCORRER AS EMPRESAS DO BRASIL TEM MUITOS GERENTES E CHEFES DESSE TIPO JA SOFRIR MUITO BULLYNG MAS NUNCA TIVE CORAGEM DE DENUCIAR DEVIDO A FALTA DE INFORMÇÃO E POR PRECISAR DO EMPREGO ASSIJM COMO MUITOS NAO DENUNCIA TERRIVEL ISSO.

    ResponderExcluir
  3. Por isso que eu empresário voto em bolsBolso

    ResponderExcluir
  4. Por isso que eu empresário voto em Bolsonaro

    ResponderExcluir
  5. Quando começarmos a dar morte para esses empresários filhos do satanás que nos matam pela alma, começarão aprender a respeitar os demais seres humanos, bala neles, a começar por Bolsonaro que sempre tratou mal seus subordinados nos quartéis, pesquisem.

    ResponderExcluir
  6. Empresários e superiores hierárquicos de qualquer empresa, como no caso do psicopata que era no exército e deveria ter sido expulso após, uma tentativa de atentado mas, foi colocado na reserva para sugar o povo brasileiro há mais de 28 anos, aquele bosta, pesquisem a vida do psicopata que vocês apoiam e vejam se ele irá colocar oficiais para combater crime sejam eles da militar, civil, forças armadas, só irão os pés de chinelo, sargentos para baixo, morrer nos morros e nas cidades junto com seus familiares, ameaçados por marginais para diminuir a população rapidamente como deseja o animal ou está pensando que os marginais serão afrontados sem reagirem à altura! Eles têm gente dentro das policias, etc. só matarão pobres fodidos e esses otários ainda apoiam um delinquente daquele, fodam-se e aguardem o que escrevo hoje se ele ganhar. Otários... Sou a favor da eliminação dos marginais mas, não no modelo que sempre existiu no país, aqui deveria ser que nem em Israel, onde os oficiais são os primeiros na linha de frente no combate aos "inimigos" para darem o exemplo aos demais, será que aqui tem homem para isso? Provem, bando de covardes, ladrões do erário público, pátria de putinhas tiradas a Pitbulls!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  7. Bem feito saber respeitar os outros.

    ResponderExcluir