quarta-feira, 28 de novembro de 2018

Caso Camacan: corpo de Ana Paula foi lavado antes da chegada dos policiais


Conforme noticiado pelo Verdinho Itabuna, o corpo de uma mulher de 35 anos foi encontrado dentro de uma casa, na noite de terça-feira (27), na cidade de Camacan, na região sul da Bahia. De acordo com a Polícia Civil, o suspeito da ação foi preso dentro do imóvel onde ocorreu o crime. (lembre o caso aqui). Segundo informações da polícia, a vítima, identificada como Ana Paula Reis, foi encontrada dentro de um quarto, com muitos hematomas pelo corpo. O suspeito, Ednaldo Francisco de Jesus, de 45 anos, foi levado para a delegacia de Pau Brasil.

A Polícia Civil informou que uma equipe da Polícia Militar chegou à residência, que fica na Rua das Laranjeiras, e encontrou dois homens sentados na sala. Os policiais informaram que a casa estava com cheiro de fezes e sangue. O corpo foi encontrado dentro de um quarto que estava com a porta trancada. Ainda de acordo com a polícia, indícios apontam que Ana Paula foi morta no quarto dos fundos e teve o corpo lavado na cozinha, antes de ser escondido em um outro quarto do imóvel.

Conforme a Polícia Civil, Ednaldo Jesus e Rosivan Santos foram levados a delegacia de Pau Brasil. Rosivan foi liberado após prestar depoimento, depois de ser constatado que ele não teve participação no crime. O Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Itabuna liberou o corpo de Ana Paula Reis na manhã desta quarta-feira (28), mas não há informações sobre o sepultamento dela.

Um comentário: