quinta-feira, 1 de novembro de 2018

Jovem é morto pelo próprio amigo à caminho da igreja evangélica, em Arataca


Na noite desta quarta-feira (31), o pequeno município de Arataca, no sul da Bahia registrou mais um homídio,o segundo em menos de uma semana. Dessa vez, a vítima foi Lucas Ferreira Barbosa, 23 anos, foi morto a tiros pelo próprio amigo, um jovem popularmente conhecido como Saci. 

Com histórico de envolvimento no mundo do crime, a vítima já havia escapado de algumas outras tentativas de homicídio, segundo relatos do pai de Lucas. Em fevereiro de 2017, Lucas escapou com vida depois de ser alvejado com três tiros, todos na cabeça. As balas ficaram alojadas no crânio de Lucas. 

Por conta dessa tentativa de homicídio em 2017, o pai de Lucas o encaminhou para Itabuna, mas criminosos vieram atrás dele nesta cidade também. O segundo local de refúgio foi Itamaraju, mas a vida de Lucas também foi cassada nesta cidade. Por fim, Lucas abrigou-se na capital do estado por um tempo até que retornou para Arataca.
De acordo com informações de familiares, Lucas estava tentando deixar a criminalidade e passou a frequentar uma igreja evangélica. an noite desta quarta, Lucas saiu de casa para ir à igreja, junto com sua esposa, sua filha pequena e esse amigo dele, identificado como Saci. 

Conforme os relatos, a poucos metros da igreja, Saci ordenou que Lucas entregasse o bebê que estava em seu colo para a mãe da criança. Lucas obedeceu. Saci atirou uma vez e errou o alvo. Logo em seguida, atirou mais três vezes, acertando e matando Lucas. Saci tem diversas passagens pela polícia. 

O crime aconteceu na Rua Carlos Laranjeiras, no bairro Feijão Semeado. A população da pequena e pacata cidade de pouco mais de 12.700 habitantes está  assustada, já que este é o segundo homicídio registrado em menos de uma semana. No último sábado (27), o adolescente Alex Sandro Santos Mendes, 14 anos, também foi executado com tiros de arma de fogo, no bairro São Domingos.

Um comentário:

  1. Amigo da onça esse,concerteza foi pago para matar,traiu aquele que tinha amizade.
    Triste isso,a lei do crime num perdoa.

    ResponderExcluir