quinta-feira, 1 de novembro de 2018

Justiça determina desocupação da Secretaria de Educação em Itabuna


Na manhã desta quarta (31), aproximadamente 30 professores ocuparam o gabinete da secretaria de educação de Itabuna. Os educadores estão em greve e a ocupação faz parte da manifestação pacífica por conta de dois meses de salários atrasados. De acordo com o blog Políticos do Sul da Bahiia, no início da noite o município conseguiu uma decisão judicial que determinou a desocupação.

A paralisação foi iniciada em setembro, envolvendo toda a rede municipal. Somada esta greve e outros dias anteriores sem aula, o calendário de reposição poderá se estender até depois do Carnaval do próximo ano. É o que afirma a presidente do Sindicato do Magistério Municipal Público de Itabuna (Simpi), Maria do Carmo Oliveira. 

Cerca de 18 mil estudantes da rede municipal de Itabuna estão há quase dois meses sem aula por causa da greve do profissionais da educação, que revindicam reajuste de 6,81%. Já o município oferece 2,8% parcelados.

4 comentários:

  1. Num sei pra que greve,se o PT está no poder a 16 anos e professores votam no PT,e homem da marreta é PT também,colocou até estrelinha no peito,eu não entendi o porque dessa greve.

    ResponderExcluir
  2. Uma vergonha pra nossa cidade.....fora Fernando Gomes.... você é analfabeto. É quer que nossas crianças fiquem também...terra sem lei.

    ResponderExcluir
  3. ESSA JUSTIÇA É ENGRAÇADA SÓ N FAZ O PREFEITO CUMA PAGAR OS SALÁRIOS ATRASADOS DESSES PROFISSIONAIS CARAMBA !!! AS CRIANÇAS SÃO OS MAIS PREJUDICADOS E N SE VÊ UMA JUSTIÇA A FAVOR DELAS MP CADÊ VCS PRA INTERVIR E OBRIGAR TAIS PAGAMENTOS VCS SÃO EMPREGADOS DO POVO

    ResponderExcluir
  4. procura nos arquivos das escolas as pastas pra ver se tem algum filho deles estudando em alguma Escola Municipal,estão todos no: Galileu,Sistema e outras particulares mais os filhos dos que pagam os salários deles pra manter os filhos deles nas escolas particular estão sem aula.

    ResponderExcluir