sexta-feira, 30 de novembro de 2018

Palocci deixa PF em Curitiba para cumprir pena em casa


O ex-ministro Antonio Palocci deixou a Superintendência da Polícia Federal em Curitiba por volta das 15h30 desta quinta-feira (29). Palocci foi para a Justiça Federal, onde colocará a tornozeleira eletrônica para cumprir a pena em casa. A 8ª Turma do TRF4 (Tribunal Regional Federal da 4ª Região), Corte de apelação da Lava Jato, decidiu na quarta-feira (28) reduzir a pena de Palocci e conceder a prisão domiciliar. 

A decisão foi tomada por 2 a 1, com os votos favoráveis dos desembargadores João Pedro Gebran Neto e Leandro Paulsen, e voto contrário de Victor dos Santos Laus. A pena de Palocci, de 18 anos e 20 dias, foi reduzida para 9 anos e 10 meses. O ex-ministros conseguiu os benefícios depois de fechar acordo de delação premiada. 

Na delação prestada este ano, Palocci afirmou que a contratação da Odebrecht para a construção dos navios-sonda foi solicitada pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva ao então presidente da Petrobras, José Sergio Gabrielli, durante reunião em 2010 no Palácio do Alvorada, com a presença da então candidata à Presidência Dilma Rousseff.

5 comentários:

  1. deixe-me ver !!!! ... ... ... será que tem algo suspeito nisso !!! que nada os membros da nos "IN" justiça brasileira, corrupta, junto com seus chefes de governo em brasilia são todos "bonzinhos". kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk madre tereza de calcutá, irmã dulce, chico xavier, que eram bandidos, hoje todo mundo é "artista", que bela bofetada na cara do brasileiro!! nós merecemos.

    ResponderExcluir
  2. eles tem liberdade o pobre cadeia justica safada e cega nao acreditamos na bnossa justica brasileira so puni o pobre.

    ResponderExcluir
  3. isso é ridiculo,os caras sai delatando qualquer um muitos sem provas,só para ficar solto em casa.

    ResponderExcluir
  4. Meu irmão isso é Brasil, ontem na sessão STF os caras querendo aprova veja bem; o indulto de 2017, que perdoa os crime de colarinho branco. Acordo Temer(VERME) liberar o aumento de Salario e os corruptos do STF Liberar o Indulto, população não vamos aceitar isso não, vamos para rua protestar isso é um absurdo.

    ResponderExcluir
  5. Bolsonaro vai por p casa em dia.

    ResponderExcluir