quarta-feira, 7 de novembro de 2018

Ronaldinho passou por 3 continentes desde ordem de entregar passaporte

A ordem da Justiça do Rio Grande do Sul para que o passaporte de Ronaldinho Gaúcho seja apreendido não está impedindo que o jogador mantenha sua rotina de viagens pelo mundo. Desde que a medida foi determinada na última semana, o ex-jogador já visitou três continentes: Ásia, Europa e mais recentemente, África. Ronaldinho Gaúcho terá que entregar seu passaporte quando voltar ao Brasil por causa de uma condenação por crime ambiental que obriga a pagar R$ 8,5 milhões. A Polícia Federal foi notificada sobre a restrição do ex-jogador. O protocolo é que o documento seja apreendido em qualquer aeroporto do país. 

O ex-atleta, no entanto, não tem previsão de retorno ao Brasil. O próximo compromisso marcado no país é um jogo festivo no dia 9 de dezembro contra o time do também ex-jogador Denilson. Enquanto isso, Ronaldinho continua viajando para compromissos comerciais. Quando a ordem de que Ronaldinho Gaúcho deveria entregar o passaporte à Justiça brasileira saiu, o ex-jogador estava em Tóquio, no Japão, em um evento da sua patrocinadora Nike. Logo depois o destino foi a França. o advogado do ex-jogador, Sérgio Queiroz, disse que recorreu contra a ordem de apreensão do passaporte, mas não quis dizer quais argumentos foram utilizados para tentar derrubar a ordem judicial.

Um comentário:

  1. país de governantes sem vergonha e de justiça inexistente e corrupta. se eu fosse ronaldinho jamais poria meus pés nesse pais de lama podre.

    ResponderExcluir