quarta-feira, 5 de dezembro de 2018

Senado aprova projeto que beneficia Bahia na divisão dos recursos do FPM


O Senado Federal aprovou, nesta terça-feira (4), um projeto que determina que a divisão dos recursos do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) permaneça conforme o exercício de 2018 até que os dados para seu cálculo sejam atualizados com base em um novo censo demográfico do IBGE, o que só deve ocorrer em 2020. A matéria beneficia a Bahia, que é o estado que, segundo o instituto, tem a maior quantidade de municípios com redução da população, com 56. 

No país, 135 cidades tiveram redução no coeficiente. Depos da Bahia, aparecem Paraná (15), Minas Gerais (13) e Rio Grande do Sul (13), por exemplo. A cada ano, o IBGE faz os cálculos e o Tribunal de Contas da União (TCU) sanciona, determinando ao Tesouro Nacional qual índice deve ser usado para repartição dos recursos do FPM. Os três senadores baianos Otto Alencar (PSD), e Walter Pinheiro (sem partido) e Lídice da Mata (PSB) votaram favoráveis. Ao todo, a proposta teve  49 votos favoráveis e oito contrários e agora segue para sanção presidencial.   

2 comentários:

  1. Cambada de ladrãozinhos eu não ando mais de onibus muito menos moto taxi outros ladrões, organização criminosa só visa proveitos proprios

    ResponderExcluir
  2. mais uma porta aberta para os esquemas..............veja quais partidos e deputados votaram nesta falta de responsabilidade com o Brasil.

    ResponderExcluir