sábado, 12 de janeiro de 2019

Caixa completa 158 anos: Banco consolida seu papel no apoio ao desenvolvimento do país

A CAIXA completa, neste sábado (12), 158 anos de história. Maior banco público da América Latina, com quase 93 milhões de clientes, a CAIXA consolida seu papel no apoio ao desenvolvimento do país, focada em operações comerciais sem perder o lado social.

Os resultados mais recentes, divulgados no último balanço trimestral, mostram que o banco teve um lucro histórico de R$ 11,5 bilhões. A CAIXA também mantém a liderança no mercado de crédito imobiliário, com 69,5% de participação. Para os brasileiros, a poupança da CAIXA continua sendo a opção de investimento mais segura e acessível do mercado. Hoje são mais de 78 milhões de contas de poupanças.

Para o presidente da CAIXA, Pedro Guimarães, é motivo de muito orgulho fazer parte dessa história. "Tenho certeza de que a gente vai ter mais 150, 200, 300 anos de história. Vamos olhar muito para o cliente base da CAIXA. Um dos pontos importantes é pensar em tudo aquilo que a CAIXA representa, com foco no cliente e nos funcionários."

Até setembro de 2018, a CAIXA já havia injetado R$ 495,7 bilhões na economia brasileira por meio de contratações de crédito, distribuição de benefícios sociais e benefícios ao trabalhador, e destinação social das Loterias.

Ao longo de sua trajetória, a CAIXA se tornou centralizadora de operações do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), do Programa de Integração Social (PIS), e de programas de habitação popular, entre outros. O banco também é agente pagador do Bolsa Família e do Seguro-desemprego. Atua ainda no financiamento de obras públicas, principalmente voltadas para o saneamento básico, destinando recursos a estados e municípios.


A rede CAIXA de atendimento é composta por possui 55,5 mil pontos de atendimento. São 4,2 mil agências e postos de atendimento; 21,8 mil correspondentes CAIXA Aqui e lotéricos; e 29,5 mil máquinas disponíveis nos postos e salas de autoatendimento.

Programação especial nas unidades da CAIXA Cultural:
Em comemoração aos 158 anos do banco, as unidades da CAIXA Cultural em Brasília, Curitiba, Fortaleza e São Paulo contarão com uma programação especial.

De 11 a 13 de janeiro, a CAIXA Cultural Brasília apresenta o show "Música e Poesia", do cantor e compositor Moraes Moreira. No dia 12, quatro exposições serão inauguradas simultaneamente no espaço: "Incisão", de Alexandre Farto aka Vhils; "Labirinto de Amor", de Jorge Jonseca; "Goeldi & Dostoiévski" e a exposição "Elementos" de obras do Acervo CAIXA.

A CAIXA Cultural São Paulo recebe, de 10 a 13 de janeiro, o show de Paulinho Moska. No dia 12, será inaugurada a exposição "Rugendas, um cronista viajante" que exibe obras do pintor, desenhista, ilustrador, aquarelista e litógrafo alemão Johann Moritz Rugendas (1802-1858).

A CAIXA Cultural Curitiba promove, de 10 a 13 de janeiro, o show inédito "Um Toque de Classe" com os pianistas Arthur Moreira e Cida Moreira.

Além de oficinas e cursos, a CAIXA Cultural Fortaleza apresenta, nos dias 12, 13, 19 e 20 de janeiro, o espetáculo infantil "Cantabicho" da artista pernambucana Carol Levy com banda ao vivo e bailarinos.

Confira a programação completa: http://www.caixacultural.com.br

11 comentários:

  1. Desenvolvimento do país e roubando o POVO com um SEGURO indevido debitado na conta dos clientes, sem mesmo eles reconhecerem o tal débito, o dinheiro ñ é estornado pra conta do cliente. Imaginem quanto o banco ñ come com isso.
    Fui na minha agência fazer a reclamação, mas meu dinheiro ñ foi estornado. Um dos dito SEGURO é DB TV CONV

    ResponderExcluir
  2. lixo que nunca deveria ter sido criado e temq ue ser privatizado com urgencia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Privatiza sua mae. Nao sabe o que fala

      Excluir
    2. Deveria ser privatizado mesmo, a Caixa financia campanha de muitos políticos com dinheiro do povo.

      Excluir
  3. Tbm não é pra menos usando o Dinho do povo ...uns atendente mal educado frio parecendo que e i Dino do banco e cachorro os seguranças nem se fala so falta colocar armas em cima das pessoas...entenda caixa que esse sucesso de vc se deve a população brasileira ,bando de corruptos...

    ResponderExcluir
  4. Parabéns Caixa, por ser um banco agente de políticas publicas principalmente a tão sonhada casa própria. Precisa avançar avançar e melhorar em muitos aspectos . Que os dirigentes tenham essa visao.

    ResponderExcluir
  5. Banco de ladrão!!! Essa merda malmente tem envelope para deposito funcionários públicos se achando donos do banco

    ResponderExcluir
  6. Se banco fosse bom não se chamaria banco, se chamaria sofá!

    ResponderExcluir
  7. Os atendentes buscam fornecer o melhor serviço possível! Muitas críticas publicadas aqui são frutos de inveja. Aos insatisfeitos, busquem os bancos privados, eles adoram pobres. Aliás, quem acha que privatizar é a solucao, coloquem-se no lugar dos acionistas...Lucro acima de Tudo!!Logo, teremos tarifas maiores e benefícios menores para os menos abonados.A Caixa continua sendo o banco do povo...Respeitem essa história!E aproveitem o tempo livre para estudar, ter um trabalho promissor e ser feliz!!

    ResponderExcluir
  8. O BOSTANARO VAI PRIVATIZAR A CAIXA E O BANCO DO BRASIL.

    ResponderExcluir