quinta-feira, 10 de janeiro de 2019

Datafolha: 41% dos brasileiros são contrários a qualquer tipo de aborto no país


Apesar de ser permitido por lei em casos de estupro, quando há risco à vida da mulher e quando o feto é anencéfalo, quatro em cada 10 brasileiros acreditam que o aborto deve ser proibido em qualquer situação, aponta pesquisa Datafolha. De acordo com o levantamento, 46% da população brasileira afirma que as mulheres que engravidarem devido a um estupro devem receber ajuda financeira para ter o filho.

Para outros 34%, as regras sobre a interrupção da gravidez devem ser mantidas, já 16% dos entrevistados apontaram que o aborto deve ser permitido em mais situações do que as previstas na legislação atual. Entretanto, apenas 6% acreditam que o ato deve ser legalizado em qualquer cenário. O Datafolha ouviu 2.077 pessoas com 16 anos ou mais em 130 cidades em 18 e 19 de dezembro. A margem de erro é de 2 pontos percentuais, para mais ou para menos. O nível de confiança do levantamento é de 95%.

17 comentários:

  1. Faz essa pesquisa nas favelas, e verá a realidade de crianças largadas ao relento.
    Que adianta ter um filho e não poder cria-lo, ou abandona-lo em qualquer lugar.
    Uma mulher que foi estrupada terá a imagem do estuprador naquela crianças, sera mesmo algo bom?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo plenamente.

      Excluir
    2. Enfim alguém sensato nessa merda de comentários

      Excluir
  2. Verdinho e sua mania de copiar e colar, e acaba levando erros. Na matéria diz: 46% da população brasileira, sendo que logo depois fala que foram entrevistados 2.077 pessoas. Será que essa quantidade de pessoas resume realmente a opinião de + de 200 milhões de habitantes.

    ResponderExcluir
  3. Datafolha é fake news total!!! Ninguém leva a sério este lixo!!! E o verdinho tá virando a mesma merda tendenciosatendenciosa...
    A grande maioria dos brasileiros no mínimo uns 85% é totalmente contrária a esta bizarrice chamada aborto!!!

    ResponderExcluir
  4. Acredito que se a pesquisa fosse feita com pessoas de idades mais experientes o resultado seria bem diferente .....mas faz a pesquisa com "meninas" entre 16 anos....me polpe ne???? Essas so querem é fuder mesmo sem responsabilidade....porém em caso de estupro sou completamente à favor do aborto

    ResponderExcluir
  5. minha opinião como homem e que a mulher tem o direito de escolher o corpo e dela e ninguém pode dizer o que ela deve ou não deve fazer me resumo a isso

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Comentário idiota esse das 0311-O corpo é dá mulher mais a vida da criança não é propiedade dela.O problema das pessoas que defendem o que os comunistas querem é que elas não conseguem raciocinar de forma inteligente, isso é, se conseguem ter algum raciocinio.

      Excluir
    2. Ain vai nas favelas mi-mi-mi... Favela tbm tem informações posto dar camisinha e remédio pra evitar de graça então vai tranzar se previni e outra vá se informar melhor que aborto já é legalizado em caso de estrupo.

      Excluir
  6. As pesquisas do DataFolha tem credibilidade ZERO. Será que os leitores esqueceram dos resultados que eles previam para as eleições? Bolsonaro perdia para todos os oponentes no primeiro e segundo turno e Dilma seria a primeira colocada para o senado em MG. Bolsonaro ganhou para todos e Dilma perdeu para todos.

    ResponderExcluir
  7. São contra o aborto, desde que não seja da amante.

    ResponderExcluir
  8. Os comunistas da Folha são todos abortistas e manipulam as pesquisas da mesma forma como fizeram nas pesquisas eleitorais. Queriam derrubar Bolsonaro e tomaram no ......

    ResponderExcluir
  9. pura hipocricia todo mundo faz aborto quando sua camisinha e etc,na bilblia nnunca disse que vc pode escolher ter filhos quando quiser.

    E outra quero ver esse povo que fala ser contra o aborto ir lá adotar as crianças que ficam nos orfanatos.

    ResponderExcluir
  10. ISSO É DECISÃO DE CADA UM, SE O GOVERNO AUTORIZAR BASTA QUE CADA MULHER TOME A DECISÃO QUE ACHAR MELHOR. SÁ A MULHER CABE A DECISÃO DE ABORTAR OU NÃO.

    ResponderExcluir
  11. Pura que pariu. Acho que deveria haver alguns critérios. Há casos que não tem como se sustentar. Uma mulher vítima de estupro, vai querer gerar um filho do ódio? Comprovou gravidez nesse caso, aborto na primeira semana . O feto ainda não se formou. O cara que criou essa dificuldade pra mulherada, seria bom se ele pudesse parir. Ou Melhor, ser estuprado e ficar grávido. Moral da estória. " pimenta no vi dos outros, é refresco ".

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vai se informar estrupo aborto já é legalizado ok, agora estão querendo é legalizar geral. Caramba vai tranzar bote camisinha ou tome remédio pra evitar simples assim

      Excluir
  12. Não quer ter filhos? Então retire o útero.

    ResponderExcluir