terça-feira, 22 de janeiro de 2019

Prefeito e mais seis são presos em cidade cearense


O prefeito de Pedra Branca, Antônio Gois Monteiro Mendes, foi preso na manhã desta terça-feira (22), em operação do Ministério Público e da Polícia Civil. A operação visa combater fraudes em licitações. Além do prefeito, outras seis pessoas foram detidas: Francisco Pontes Pereira, coordenador de projetos sociais do município; Francisco Wiron Holanda Cavalcante, ex-vereador do município e comerciante; Paulo José Martins de Lima, engenheiro civil; Edmilson Mendes Viana, ex-secretário de educação; Antonia Selma Bezerra da Silva, conselheira tutelar e; Marcilio Alcantara da Silva, secretário do meio ambiente da cidade. 

O Ministério Público cumpre ainda oito mandados de busca e apreensão domiciliar, inclusive na sede da prefeitura do município, tendo feito a apreensão de documentos e aparelhos celulares que serão importantes para o seguimento das investigações. Após cumpridas todas as formalidades legais, os gestores foram encaminhados ao Code e Decap, no município de Fortaleza onde ficarão à disposição do Poder Judiciário. Equipes da Polícia Civil dão apoio à operação organizada pelo Grupo de Atuação e Combate ao Crime Organizado (GAECO), do MPCE. A operação conta ainda com apoio das equipes da Polícia Civil de Mombaça, Senador Pompeu, Quixadá, Quixeramobim, Solonópole e duas equipes do Departamento de Polícia do Interior. (Diário do Nordeste)

3 comentários:

  1. Só em Itabuna não acontece nada,ainda existe ministério público aqui? Cadê aquele Inocêncio? Ainda trabalha aqui?

    ResponderExcluir
  2. Cadê o ministério público de Itabuna?que até hoje não vemos eles prenderem o prefeito Fernando Gomes, e sua quadrilha junto com alguns vereadores.

    ResponderExcluir
  3. Foram no local errado.
    Deveria ir até o GABINETE DE FLÁVIO BOLSONARO.

    ResponderExcluir