sábado, 9 de fevereiro de 2019

Aumenta o endividamento do consumidor brasileiro com o cartão de crédito

De acordo com a Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL), o consumidor brasileiro vem enfrentando dificuldades para quitar a fatura do cartão de crédito, modalidade que cobra os juros mais elevados do mercado. Entre novembro e dezembro do ano passado, aumentou de 20% para 25% o número de usuários de cartão de crédito que não conseguiram pagar o valor integral da fatura, passando a entrar no chamado ‘crédito rotativo’. Os consumidores que quitaram toda a quantia devida somam 73% dos entrevistados. O levantamento da CNDL em parceria com o Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) mostra que os cartões de crédito mantiveram a dianteira de sondagens anteriores e foram o instrumento de crédito mais usado em dezembro, mencionado por 38% dos consumidores. 

O cartão ficou muito à frente do segundo colocado, que é o crediário (15%). Os empréstimos foram citados por 8% da amostra e o cheque especial também por 8%. Há ainda, 6% de consumidores que buscaram financiamentos. No total,48% dos brasileiros recorrem à alguma modalidade de crédito em dezembro. Na avaliação do presidente do SPC Brasil, Roque Pellizzaro Junior, a conveniência, segurança e aumento da aceitação do cartão de crédito explicam a liderança no ranking, mas alerta que o usuário deve tomar cuidado com o risco de endividamento excessivo.

5 comentários:

  1. Tem que aumentar mesmo vc a gente compra 1200,00 . atrasa quando devido alguma dificuldade. Quando vai pagar a divida ta 2900,00 ,oferece onpagamento avista 2000,00 n aceita. Isso é um roubooooo

    ResponderExcluir
  2. Tem que aumentar mesmo vc a gente compra 1200,00 . atrasa quando devido alguma dificuldade. Quando vai pagar a divida ta 2900,00 ,oferece onpagamento avista 2000,00 n aceita. Isso é um roubooooo

    ResponderExcluir
  3. Eles querem colocar o juros lá em cima tem razão esperar 5 anos pra limpar o nome porque o juros e abusivo

    ResponderExcluir
  4. caos completo nas financias dos estados e municípios. o dinheiro foi todo confiscado para elite brasileira. sem emprego, sem dinheiro, sem esperança e de quebra um bando de abutre em brasília que tomou posse devido a burrice dos brasileiros que vale salientar que não foi a maioria é verdade.

    ResponderExcluir
  5. Uma coisa é dificuldade financeira, outra é CALOTE.
    Caloteiro é o que não falta no BRASIL principalmente em ITABUNA.

    ResponderExcluir